O teatro como arma

“Os que pretendem separar o teatro da política pretendem conduzir-nos ao erro – e esta é uma atitude política. (…) o teatro é uma arma. Uma arma muito eficiente. Por isso, é necessário lutar por ele. Por isso, as classes dominantes permanentemente tentam apropriar-se do teatro e utilizá-lo como instrumento de dominação. Ao fazê-lo, modificam o próprio conceito do que seja o “teatro”.”

Augusto Boal (1931-2009), Teatro do Oprimido e Outras Poéticas Políticas